quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Balanço da rodada 20




O Flu vence: futebol do Rio agradece.





 
Goiás, lanterna do campeonato e hoje, favoritíssimo pra cair, mostrou para a dulpa Fla-Flu o tamanho do prejuízo que foi perder pro Guarani.

Por falar no Flu, vitória tranquila, que poderia ser bem mais elástica não fosse o preciosismo de Conca, o melhor do time, e as caneladas do Washington. Deco, embora importante, não passa de coadjuvante do argentino e ainda trouxe vários problemas. Pedidos de aumento salarial pelos outros craques do time e necessidade de troca do esquema.
Ao menos o segundo problema, Muricy já resolveu temporariamente: sem Emerson machucado, empurrou Conca para o ataque e voltou com André Luiz na zaga, retomando o esquema com três zagueiros.
Mariano, que chegou quietinho e muito criticado ao vir do rebaixado Ipatinga, joga bem e lembra Gabriel em seus melhores momentos no Flu.

Já o Flamengo...
Bom, no Flamengo, nada diferente.
Renato Abreu segue inteiramente fora de forma, e sua escalação sendo um absurdo.
Deivid, o atacante dos mais de Quatrocentos mil reais por mês e que não jogava desde o ano passado por deficiência técnica, continua fora de forma.
Diogo, o outro caríssimo atacante trazido pelo Sr. Arthur, aquele que diz fazer um favor ao receber mais de Trezentos mil reais por mês para gerir o futebol do clube, foi expulso.
Desnecessário dizer que, apesar dos "comentaristas telescópio" (aqueles que vêem o que ninguém vê), insistirem em dizer que enxergam táticas mirabolantes no trabalho dele, o Flamengo de Silas é tão bom quanto o de Rogério, e tão horroroso como o de Toninho Barrososo: é escalado com jogadores fora de forma para justificar as contratações equivocadas sobre todos os pontos de vista, por parte da diretoria e em função disso, não faz gols.

Um comentário:

Gabriel disse...

Cara, vc pode até dizer que eu não entendo de futebol, mas substituir o CORRÊA aos 20 do primeiro tempo pelo VINICIUS PACHECO?????? Ta de sacanagem. Abs

BlogBlogs.Com.Br