sábado, 18 de dezembro de 2010

Como é fácil ser jornalista esportivo...

Mortalmente cansados após um jogo dificílimo, jogadores da Inter comemoram o título mundial

Cumprindo tabela agora há pouco, a Inter de Milão venceu o Mazembe por três a zero e foi campeã mundial de clubes.
Gostaria de mandar um abraço forte a André Rizek, o humilde, e Rica Perrone, um blogueiro anônimo como nós, que deu certo. 
Ambos disseram que a derrota do Internacional na última terça-feira não havia sido vergonhosa, nem vexaminosa.
Espero sinceramente que os seus respectivos aparelhos televisores tenham funcionado melhor hoje e eles tenham podido enxergar a extrema ruindade do time do Congo.
Fraquíssimo e violento como a maioria dos times africanos, o possante Mazembe já perdia por dois a zero aos dezoito minutos do primeiro tempo e só não levou uma goleada maior, por Diego Milito não estar em suas melhores noites.
Fico imaginando a torcida colorada neste momento, absolutamente tranquila com o resultado do Mundial, já que segundo os dois jornalistas aí de cima, não foi vergonha nenhuma perder para um time que ninguém nunca ouviu falar, que é de um país que nem se sabia se jogavam futebol nele.
Como é fácil ser jornalista esportivo...


Haja paciêiiiiiicia
* A transmissão no Sportv foi de Mílton Leite, uma espécie de José Simão dos narradores, pois teima em fazer graça mas a única pessoa que parece conseguir rir é ele mesmo.
Mílton, está passando por um processo de "Silvioluização". 
Faz comentários sem graça, ou engraçados apenas para parte de seus telespectadores.
Hoje por exemplo, ao ver uma bola ser bicada para o alto, disse que numa determinada cidade de seu estado, quem chutava mais alto ganhava um leitão.
Cada vez mais telespectadores que assistem transmissões esportivas comandadas por paulistas, se sentem como assistindo o Saturday Night Live. Um show de piadas que você não entende e não se identifica por uma simples razão: aquela cultura não é a sua.
Mas até parece que algum comandante do SPortv ou da eSPn Brasil está preocupado com o processo de "caipirização" das transmissões.
É relaxar, rir, e gozar.


Jumentarista
* Por falar neste assunto, impossível não citar o comentarista psicopata Maurício Noriega, a pessoa que mais fala a palavra futÊbol em todo planeta.
Dos 28 aos 33 do primeiro tempo foram três vezes.
Mas ele hoje estava inspirado.
Absolutamente surpreso com o fato da Inter não ter um italiano em seu time titular e poucos em seu elenco(fato que já acontece há vários anos), saiu-se com esta: "Em que língua Júlio César e Lúcio devem se comunicar?"
A idéia de ligar para o Sportv informando que os dois atletas brasileiros alternam o Esperanto com o Tupi-guarani passou pela minha cabeça como um flash, mas resolvi não me dar ao trabalho.
Mas como é fácil ser jornalista esportivo...

"Ronaldinho é nosso!" "Quer dizer, do Palmeiras." "Ih não é?"
* Durante o primeiro tempo, o narrador pede desculpas pela informação errada que a emissora havia dado antes da partida.
Uma informaçãozinha assim sem importância, apenas que Ronaldinho Gaúcho já seria do Palmeiras.
Como é bom assistir uma emissora que não é bairrista.


Joga dez! Dez por cento...
* Voltando um pouco ao gramado e deixando os "craques da palavra" de lado, só uma pergunta: quem é o empresário de Thiago Motta?
De qualquer maneira, parabéns.


Só pode ser brincadeira
* Ah, para terminar, só mais um comentário sobre a nova contratação do Flamengo, o tecnicamente bom goleiro Felipe.
Vejam notícia de meses atrás sobre o atleta, já em Portugal.
Das duas uma, ou Patrícia Amorim é mulher de malandro, ou é uma imbecil.

8 comentários:

Mattos disse...

Caro amigo...
Grande post ein..
Bem estruturado e textualmente bem concebido, sendo que facilita a sua leitura, não maçando ao longo do mesmo, devido ao facto de resumir apenas aspectos fulcrais da crónica ....Gostei.
Quanto ao seu conteúdo, tal como descreve por ai, por cá no burgo Lusitano também temos imensos casos de pseudojornalistas que quando falam deveriam pensar e quando pensam deveriam..adormecer.


Abraço

Mattos..paixaodabola.blogspot.com

Jhennifer Fraga disse...

Ótimo post.
Realmente a "Silvioluização" tá afetando todos os comentaristas.

abraços!

fluminensetricolorguerreiro.blogspot.com

Admsports disse...

Olá Carvalho,
O Mazembe apesar de ter vencido o inter jogando uma "bolinha boa" é um time realmente muito fraco tecnicamente, apesar de admirar o Rica Perrone nao me espanto de tal comentário,mas um time brasileiro perder para um time africano é, pelo menos por enquanto, uma decepção!

E quanto a caipirização das transmissões brasileiras, isso já está se tornando banal...tendo em vista a band com seu principal comentarista, o "craque" Neto!

abrass

www.admsports.blogspot.com
@admsport

Gabrielluminus disse...

Você sabe que eu gosto do Milton Leite e comigo ele tem crédito desde "o Rogério Ceni é chato pra car..".
Tirando isso, desde que você começou com essa história do Noriega, não consigo mais ouvi-lo sem ficar neuroticamente atento a cada comentário, aguardando ele falar "futÊbol". Quando ele fala duas vezes seguidas então, sinto dor na glide.
Hoje foi uma tarde previsível e sem brilho.
Menção honrosa à despedida injustamente melancólica do Pato (levando 2 gols), um dos maiores goleiros da Argentina. Este vai fazer falta, mas não adianta que o tempo não perdoa!
Um abraço.

Miguel disse...

Bons dias, caro Rodrigo Carvalho.

Antes de mais, obrigado pelo seu comentário e pelos elogios que teceu ao meu blog..Em relação á parceria, aceito de bom grado e queria saber mais sobre a mesma porque não entendi algumas coisas.

Já agora, também tem aqui um belo blog.

cumprimentos

imperiofutebolistico.blogspot.com

Saulo disse...

Era o esperado vê a Inter, de Milão ser tri campeão mundial porque respeitou esse mundial ao contrário do Internacional.

Gabriel Campi disse...

A Internazionale venceu com muita tranquilidade este Mundial, enquanto o colorado deu um vexame histórico, mesmo que alguns jornalistas falem que a derrota para o Mazembe foi normal...

Abraços!

www.blogfutebolnaveia.blogspot.com

Romário Sousa disse...

Ainda vou realizar meu sonho: ser jornalista esportivo.

futebolpremierleague.blogspot.com

BlogBlogs.Com.Br