domingo, 5 de dezembro de 2010

ConCampeão!

Apenas ilusão de ótica. Conca não tem a perna direita. E precisa?

E o campeonato acabou.
Campeonato pior do que o do ano passado, com o campeão Fluminense, Flamengo, o vice Cruzeiro, Atlético Mineiro, Palmeiras, e muitas vezes São Paulo não podendo jogar em seus estádios.
Campeão justo? 
Justo e limpo, com o time mais beneficiado da história dos campeonatos brasileiros perdendo na última rodada, não só o título, mas também o vice-campeonato. Papai do céu provou que estava ligadinho hoje entre às 17:00 e às 19:00 em tudo que acontecia, e chutou o time do "Hômi" pra pré Libertadores.
Mas falemos do dono do campeonato.
O jogador que pegou o campeonato e o botou no bolso.
Em certo momento, alguns desatentos que esquecem que num campeonato com vinte clubes, há trinta e oito rodadas, elegeram Montillo como craque da competição.
Nada contra o bom armador cruzeirense, mas erraram feio de argentino.
Bom, vamos às provas: 
Conca foi o Rei das assistências com 18. O segundo colocado deu 10.
Entre o meias, foi o quarto que mais marcou, nove vezes.
Foi o meia que mais levou faltas no campeonato, 110 vezes. Entre todos os atletas da competição, só perdeu para dois atacantes.
Ah, e um pequeno detalhe: jogou, como já foi amplamente divulgado, todas as 38 partidas de seu clube.
Os outros "craques", nada fundamentais aliás, com quem Conca dividia as atenções no Fluminense, tiveram participações de discretas à pífias.
Fred jogou 14 partidas. Fez míseros 5 gols. Passou quase todo o campeonato machucado e quando retornou, jogou mal, perdeu gols e só.
O superestimado Deco foi uma piada. Jogou 16 partidas. Deu 2 passes pra gol e fez outro.
Washington e principalmente Emerson, foram bem mais importantes. O ex-rubro-negro brilhou até se contundir, e terminou com 8 gols em 11 jogos.
Bom, há uma semana dei antecipadamente meus parabéns ao Campeão.
Hoje, dou ao dono do campeonato, que fez parecido com o que havia feito Edmundo em 97, e Júnior em 92.
Parabéns Dario.

PS: Acabo de escrever o texto (já com título), e como sempre faço, vou em busca de uma foto para ilustrar o tema principal. Entro na Globo.com e vejo a manchete do Olé: "Concampeón". 
O anjinho que passou por lá, pousou rapidamente aqui no Rio e já foi. 
Acontece...

6 comentários:

ALDO disse...

Fala Rodrigo!

Acertou. Flu Campeão! Mesmo sendo Cruzeirense, gostei.
Que a Virgem das Américas, dispute a repescagem.
Conca esteve mais jogos em Campo, MONTILLO é 90% do Cruzeiro.
Valeu! Fico com Montillo, por ter sido de suma importancia e ter jogado, somente metade da competição.
A justiça foi feita.
Falô brother!

Luís Felipe Barreiros disse...

A justiça foi feito. O Flu fez melhor e foi agraciado com o título.

Conca, sem dúvidas, foi o melhor do time, mas, ainda estou indeciso entre o seu conterrâneo e ele para o melhor do Brasileiro.

Abração e hoje é dia de 'Sobe e desce semanal',

Luís
porforadogramado.blogspot.com

Gabriel disse...

Apesar de Rubro-Negro, ao ver o tricolor campeão, duas coisas me vieram a mente: Uma delas, foi o momento em que o Murici preferiu cumprir seu contrato, declinando do convite à seleção. Muita gente não entende o valor dessa atitude, não entende e nunca vai entender este conceito de ética e caráter. Mas, falando em ética e caráter, a segunda coisa que veio a minha cabeça foi uma lembrança de minha infância, morador do bairro das Laranjeiras, quando vez ou outra eu e meus amigos fazíamos de tudo para utilizarmos as instalações do clube, em especial as piscinas. Algumas vezes dava certo, em outras éramos pegos e "carinhosamente" expulsos. Lembro com muito carinho desta época de infância e, mesmo sempre Rubro-Negro, rivalidades a parte, fico satisfeito em ver a alegria de velhos amigos ao serem campeões depois de tanto tempo.
Só mais uma coisa: meu caro Rodrigo, senti falta de algum comentário seu relacionando a rara conquista do campeonato ontem a noite e logo depois aquela chuva torrencial. Seria óbvio, porém irresistível.

Samira Calais disse...

Incontestável do Flu. Do Muricy, da força de vontade de ir atrás do título. Se mostrou um time grande, como desde que foi convidado a voltar à Série A eu duvidava que fosse.
No geral, gostei. Os jogos dessa ultima rodada foram bem ruinzinhos, mas ja era de se esperar também, ne?

Ah, gostei da homenagem dos troféus! Amanhã volto para assistir a entrevista com o Lomba com calma.

Lá no "O que deu errado" eu falo sobre o título do Flu. Depois passa lá.

oquedeuerradofc.blogspot.com

Opinião do Carvalho disse...

Caríssimo Gabriel, tento sempre fugir das obviedades aqui no blog, mas outra forte razão de não ter falado sobre essa relação, foi o banho que tomei ao voltar pra casa ontem à noite com direito a esgoto até a canela na porta de casa.
Por conhecer bem a minha calma e discreta contundência, acredito que concorde que não falar da chuva tenha sido a melhor escolha.
Em tempo: seu time ficou em 10º ou 14º no campeonato?
Grande abraço...

Camila Paulos disse...

Ele é o cara. Conca é o argentino mais amado - e talvez o único - do Brasil! rs!

BlogBlogs.Com.Br